Oficina Permanente de Contato Improvisação

Marina Scandolara*

*Proponente de Oficina Permanente de Contato Improvisação – todo primeiro sábado do mês

Estes encontros têm como proposta explorar a potencialidade poética e criativa dos corpos na prática de contato improvisação. Além do estudo das estruturas corporais, relações de peso e contrapeso, suspensões e diferentes tipos de toque, buscam refinar a escuta e a comunicação entre os corpos.

Cada vez mais interessa a clareza da informação proposta no espaço. Perceber, organizar e informar a dança no espaço e para o outro. Este reconhecimento trás refinamento e possibilita mais liberdade de criação.

Poder aquietar expectativas, perceber as pequenas danças que já acontecem com o corpo em repouso, reconhecer o corpo do outro, as várias “camadas” que antecedem o toque, arquiteturas e estruturas corporais, disponibilizar o corpo para encaixes, reconhecer as constantes ações de resistir e ceder (para o chão, para si, para o espaço e para os outros) fazem parte dos conteúdos desta oficina, que acredita na potencia imagética e poética que surgem do corpo e do movimento.

 

 

Corpo-Líquido – Marina Scandolara

“Corpo líquido” busca diluir suas fronteiras e criar relações à partir das vivencias do corpo artista sobre o entendimento da instabilidade e poética líquida. Estas relações potencializam a construção cênica, de movimento e sentidos na pesquisa, uma vez que os estados de corpo gerados dialogam e alteram estados e entendimentos de vida.

 

No fluxo das imagens que me atravessam

Dos poemas que me alimentam

Das sensações que tomam conta

Desta correnteza ininterrupta que me percorre

Da calmaria de um lago à turbulência de uma cachoeira

Da instabilidade que me estremece, fragiliza , fortalece…

 

Esparramo, acomodo, fluo

Pauso…

Percorro, vazo

Congelo, choro, borbulho

Transpareço, evaporo, me desfaço…

 

Me desfaço em pedaços

Pedaços líquidos

Gotículas instáveis sem forma

que se transformam

Diluem e preenchem…

Preenchem espaços vazios

 

Marina Scandolara